NOTÍCIAS

Entidades Representativas participam da segunda Mesa de Prestação de Contas da Cassi

CASSI | Sede Nacional

5 de junho de 2017

2_Mesa_Cassi_Dest

Na última sexta-feira, 2 de junho, as Entidades Representativas de Funcionários da Ativa e Aposentados do BB participaram da segunda Mesa de Prestação de Contas, conforme previsto no Memorando de Entendimentos firmado entre as entidades e Banco do Brasil, cuja proposta foi aprovada pelo Corpo Social em outubro de 2016.

Nesta segunda rodada, a diretoria da Cassi apresentou o fluxo das despesas e receitas e o estágio de execução do orçamento e planejamento estratégico recentemente aprovados.

Foram apresentados dados financeiros com o impacto das medidas previstas no Memorando de Entendimentos na Cassi. O Banco do Brasil prestou informações sobre a prestação de serviços da consultoria prevista no acordo, e informou que o processo de contratação já foi concluído e que em breve será feita publicação com o nome da consultoria contratada.

TRANSPARÊNCIA

A Cassi apresentou o site da Prestação de Contas, com o a linha do tempo de cada projeto ou iniciativa estratégica. Foram apresentadas as propostas em andamento para dar mais transparência nas contas da Cassi e a divulgação mais rápida de resultados financeiros e projetos executados.

Os associados da Cassi poderão acompanhar a prestação de contas diretamente no site da Cassi através do endereço http://www.cassi.com.br/images/hotsites/prestacaodecontas/index.htm.

Foram apresentadas as alterações no aplicativo Cassi para smartphones e tablets com novas funções e mais informações aos associados.

MODELO ASSISTENCIAL

As Entidades manifestaram a necessidade de preservação do Modelo Assistencial da Cassi e esperam que a consultoria venha contribuir para o aperfeiçoamento de processos de gestão, governança e operação, sem prejuízo dos princípios que norteiam a atuação da Cassi junto aos associados.

Tanto o BB quanto a Cassi afirmaram que a consultoria não tem poder de decisão, qualquer alteração proposta terá que passar pelos órgãos de governança da Cassi que tem participação de indicados pelo Banco e eleitos pelo Corpo Social.

ATUALIZAÇÃO PELO FIPE SAÚDE

As Entidades novamente cobraram do banco a atualização do valor do ressarcimento de 23 milhões pelo Banco do Brasil pelo Fipe-Saúde imediatamente, considerando que os valores dos associados já tiveram reajuste do acordo salarial nos ativos e reajuste do benefício dos aposentados.

O Banco informou que não fará a antecipação do reajuste, argumentando que o fluxo de caixa da Cassi está positivo e não vê necessidade no momento. As Entidades continuarão a cobrar a atualização desses valores.

PRÓXIMA RODADA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

Nova rodada de Prestação de Contas do Memorando de Entendimentos será no mês de setembro.

CONHEÇA ALGUNS NÚMEROS DA CASSI, DIVULGADOS DURANTE A REUNIÃO DA MESA

No ano de 2016, a Cassi autorizou mais de 74,4 mil internações hospitalares, 372,3 mil procedimentos cirúrgicos, 19,3 milhões de exames ambulatoriais, 4,4 milhões de consultas e 2.936 remoções. A Central Cassi atendeu mais de 3 milhões de ligações e o Fale com a Cassi tratou 65.535 mensagens recebidas como dúvidas, sugestões e críticas. Também ultrapassou a casa de 1 milhão o total de atendimentos realizados pelas CliniCassi.

Os pagamentos da rede credenciada também estão em dia para seus 35 mil prestadores, entre hospitais, médicos, laboratórios e clínicas.

Até o final de 2016, a Cassi estava com orçamento contingenciado e com diversos problemas decorrentes da troca/atualização de versão de sistemas (demanda legal – TISS 3.0). Problemas estes superados no início do ano. Como exemplo, a Central de Atendimento que reduziu o índice de abandono de ligações  de 25% para menos de 4%. A Ouvidoria, que finalizou o ano passado com apenas 8% das demandas atendidas dentro do prazo legal, agora registra 90%.

 

Veja mais sobre o assunto:

AAFBB e Entidades da Mesa de Negociação se reúnem para apresentação do Convênio Cassi/Banco do Brasil

VEJA TAMBÉM